Marcelio Leal

Indo num caminho que talvez não leve aonde se quer chegar…

Archive for the ‘Software Livre’ Category

MySQL Workbench disponível pra Mac

Posted by marcelioleal em janeiro 11, 2009

Eu sou fã de um software feito em Delphi e não tenho vergonha de afirmar. 🙂

Esse software é o DBDesigner, que por um motivo que não sei ao certo, mas acho que a MySQL AB deve estar metida nisso, parou o seu desenvolvimento e indicou como sucesso o MySQL Workbench.

Este por sua vez, me pareceu bonitinho no começo, mas como continuei utilizando o DBDesigner não sei ao certo qual o seu potencial.

Mas agora, já temos versões, mesmo que totalmente alphas, pra Linux e Mac. Então vou ver como essa onda se comporta.

PS.: Só espero que a SUN não tenha migrado pra Java 😛

Posted in Software Livre | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

VI Fórum Paraense de Software Livre

Posted by marcelioleal em outubro 13, 2008

VI FPSL

Na próxima quinta e sexta (16 e 17) estaremos realizando o VI Fórum Paraense de SL.

Estou auxiliando a Cobra Tecnologia na sua participação e o nosso amigo Deuzinei na construção da programação do Echo PHP, promoção do grupo PHP Pai d’Égua e apoio do PHP Brasil Comunidades.

Faremos debates também em relação ao PHP Brasil Comunidades, grupo nacional de PHP que agrupa 17 grupos regionais.

Cobra Tec

PHP Pai d'Égua

PHP Brasil Comunidades

Posted in eventos, php, Software Livre | Etiquetado: , , , , , , , , , | 1 Comment »

Twitter, Ruby on Rails, Escalabilidade e outras coisas…

Posted by marcelioleal em maio 5, 2008

Pela lista PHP-MG vi a notícia que o Twitter (grande case em Ruby on Rails) estava pensando em migrar para outra plataforma: PHP ou Java.

O principal motivo, segundo a notícia, seria a estabilidade e a escalabilidade(A Wikipedia não é o melhor lugar para se um conceito aplicado à este caso, mas em todo caso tá linkado) da plataforma/framework.

O Blog PHPZine explica bem o caso e cita a notícia inicial no Techcrunch. Só discordo quando ele diz que o Ruby on Rails é um divisor de águas. De fato, a sintaxe do Ruby é muito show, porém o Rails não é, e nem foi, algo revolucionário. Muitos outros frameworks e geradores de artefato já executavam a mesma idéia. Porém, ele realmente se tornou o mais famoso e público caso de sucesso destes tipos de aplicações.

No blog do Akita On Rail, ele cita que já foi desmentido esta afirmação e complementa seu artigo expondo seus argumentos em favor da tecnologia. Cito aqui duas afirmações que comento logo abaixo.

A primeira é que escalabilidade é um mito e que qualquer coisa escala. De fato isso não é verdade. Escalabilidade é um requisito não-funcional que envolve custo-benefício, portanto, depende do ambiente que está configurado para aplicação, em especial, as restrições para este ambiente. A escalabilidade tembém varia de acordo com o objetivo do sistema. Portanto, a escalabilidade é um conceito que depende de contextualização.

É um fato que PHP precisa de menos hardware para aplicações Web que JAVA, ou seja, em condições iguais de hardware (hardware limitado – “servidores reais”) e aplicações normais, PHP é mais escalável. Porém essa afirmação pode ser contextada quando precisamos de transações assíncronas, temos maior hardware (grandes servidores SUN), etc.

Jon Udell já havia falado sobre isso, porém é importante dizer que ele não quis afirmar que todas as coisas são escaláveis, mas que não podemos afirmar, como geralmente se afirma, que determinada plataforma não é escalável sem contextualizar.

Outro aspecto importante é se os frameworks influenciam na escalabilidade. É claro que sim, porém menor escala que a plataforma. De fato, não é só trocando o framework que teremos resolvido a maioria dos problemas, porém ele podem de fato ter uma influência direta na performance/escalabilidade. Há algum tempo atrás conversando com o colega Aldrin Leal, discutiamos sobre o overhead que o hibernate adicionava em uma aplicação. Nesta ocasião ele fez alguns testes mudando a máquina virtual, compilando o código, etc. E conseguiu resultados bem melhores que as configurações iniciais.

Da mesma maneira faz diferença, em alguns casos, utilizar o padrão Active Record e o Data Mapper, que são padrões, que geralmente, estão encapsulados pelos frameworks.

Posted in php, Software Livre | Etiquetado: , , , | 2 Comments »

Paraenses no FISL – Palestras e Participações

Posted by marcelioleal em abril 23, 2008

Me surpreendeu a galera paraense no FISL.

Além da tradicional galera do SERPRO, foram mais pessoas por conta própia de que das outras versões do evento.

Galera do Pará assitindo alguma palestra

Galera do SERPRO e do IESAM reunidas em uma apresentação. (Antonio Carlos, Edinéia, Xavier, Eu, Luiz Sanches, Calex, Romero)
Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Galera reunida na frente da PUC.

Continue lendo »

Posted in eventos, Software Livre | Etiquetado: , , , , | 1 Comment »

Duro de Errar 5.0

Posted by marcelioleal em abril 22, 2008

A minha expectativa para a palestra foi superada novamente.

Foi muito show, lotada a sala e o com a preseça de diversos amigos e celebridades 🙂

Achei que consegui passar o recado pro pessoal, embora a palestra tenha um conteúdo estritamente tećnico e intermediário-avançado o público interagiu bem com os temas abordados.

Percebi também que a torcida é bem dividida em POA, quando toquei nos nomes de Inter e Grêmio as reações foram equilibradas. 🙂

A apresentação encontra-se no slideshare:

Os códigos-fonte utilizados estão disponíveis aqui.

Mais uma vez obrigado a todos que me ajudaram, em especial para a Abstract BI e COBRA Tecnologia.

Posted in eventos, php, Software Livre | Etiquetado: , , , , | 4 Comments »

Como assistir a palestra II

Posted by marcelioleal em abril 18, 2008

Tipo,

Se usar windows:

No Linux é mais natural…

Agora é só assitir…

Posted in eventos, Software Livre | Etiquetado: | 2 Comments »

Como assitir o FISL

Posted by marcelioleal em abril 17, 2008

Pessoal,

Basta conseguir acessar a TV Software Livre.  A programação está no site do FISL.

A minha palestra é amanhã começando as 15h.

Os dois sites citados estão sobrecarregados, porém acho que dependendo do horário dá pra conseguir acessar.

Até…

Posted in eventos, Software Livre | Etiquetado: | Leave a Comment »

Chegando no FISL 9

Posted by marcelioleal em abril 17, 2008

Realmente as minhas expectativas estavam corretas.

O FISL 9 é bem melhor que o 7, a PUC melhor que a FIERGS, a programação mais alto-nível e Porto Alegre é Porto Alegre.

Agora estou correndo pra instalar os softwares necessários para minha palestra.

Muita gente esse ano, e como a PUC é menor ainda parece que tem mais.

Como diria os amigos do Fomento/BASA – tá Buniiito…

Não dormi até agora, mas espero que não precise dormir… 🙂

Agora vou dar uma melhorada na minha palestra.

Falous pessoal

Posted in eventos, Software Livre | Etiquetado: , | Leave a Comment »

FISL 9 – Cada vez melhor

Posted by marcelioleal em abril 17, 2008

De fato o FISL a cada ano vem melhorando o seu nível. Hoje, sem dúvidas, é o melhor evento de computação, em termos de qualidade das palestras.

Como havia dito, aqui escrevo pra apresentar as palestras que devo acompanhar durante o evento. Meu interesse maior é em Desenvolvimento, ferramentas, PHP, linguagens de programação, frameworks, além das palestras sobre propriedade intelectual e software livre em geral.

Me assustei com a quantidade de palestras que me interessaram, por causa disso cito aqui somente as principais, que resultaram em 54 apresentações. Possivelmente vou assistir outras apresentações por lá também.

Continue lendo »

Posted in eventos, Software Livre | Etiquetado: , , | Leave a Comment »

E o MySQL continua indo bem…

Posted by marcelioleal em fevereiro 14, 2008

Mesmo após o anúncio de venda da MySQL AB pra SUN o MySQL continua evoluindo em um caminho bem interessante. 🙂

Uma das coisas mais estailes que eu acho do MySQL, além dele funcionar perfeitamente, é a flexibilidade na escolha da storage engine, onde eu ficava alternando entre MyISAM e InnoDB.

Neste artigo do blog do Cid Andrade, ele explica um pouco mais sobre este aspecto e fala um pouco sobre o novo storage engine disponível a partir da versão 6 do MySQL.

Em resumo:

“Maria is a crash safe, non-transactional version of MyISAM. The Maria storage engine supports all of the main functionality of the MyISAM engine, but includes recovery support (in the event of a data crash), full logging (including CREATE, DROP, RENAME and TRUNCATE operations), all MyISAM row formats and a new Maria specific row format.”

Mais detalhes podem ser vistos na documentação.

Posted in php, Software Livre | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »